Naturalmente, se prepare adequadamente, tendo um vocabulário adequado ao

 

Naturalmente, um bom discurso é aquele em que o orador
consegue transmitir a mensagem desejada para o público de forma clara. Nessas
situações a falta de planejamento e conhecimento podem atrapalhar e comprometer
toda a informação a ser passada.

 

Pessoas de todas as áreas e idades podem ser submetidas a um
discurso, seja ele político, de agradecimento, esclarecimento, entre diversos
outros gêneros existentes. Nem todas as pessoas se sentem preparadas para fazer
um discurso, mas é possível ter algumas atitudes para mudar esse cenário. Veja
a seguir 10 dicas para fazer um discurso perfeito:

We Will Write a Custom Essay Specifically
For You For Only $13.90/page!


order now

 

Monte uma boa estrutura

 

Existem diversos tipos de discursos, porém, é preciso
analisar qual necessidade você tratará, se é para agradecer, homenagear,
anunciar, entre outras possibilidades. Um discurso bem estruturado aborda o
tema em questão de forma objetiva, mas não deixa de ser interessante para quem
está ouvindo.

 

A ordem a ser falada é fundamental, para que as pessoas
sejam introduzidas ao assunto, depois ao corpo, que é onde a platéia deve
compreender exatamente o que você deseja passar, e por fim, a conclusão, onde
deve-se ter cautela para encerrar com excelência.

 

Analise o público antes

 

É essencial ter em mente para qual público você se
apresentará, pois sabendo a quem se destina, quantidade de pessoas, o que é
essencial que eles escutem e o que possivelmente sabem sobre o assunto, são
questões fundamentais para que a sua mensagem seja passada com um sucesso maior
e você se prepare adequadamente, tendo um vocabulário adequado ao seu público.

 

Tenha uma boa postura

 

Como dito anteriormente, são várias as possibilidades de um
discurso, mas sem dúvidas, para que ele seja bom, uma boa postura deve ser
implementada. Naturalmente, essa é uma dica que pode depender do gênero do
discurso, público e local, se é algo mais formal, como um discurso político,
claramente a postura será diferente de casos de discursos de homenagens ou
anúncios de mudanças em empresas.

 

A postura pode ser formal, informal, séria, descontraída,
entre outras possibilidades, mas uma coisa é certa, ela deve ser a mais
adequada possível para que seu público tenha confiança em você e absorva sua
mensagem. Além disso, sempre busque pronunciar bem as palavras, falando com uma
boa intensidade, nem alto, nem baixo demais.

 

Seja objetivo

 

Existe uma expressão que diz “falou demais e não disse
nada”, é justamente do que você deve fugir. Muitas vezes as pessoas podem
se esquecer de realmente cumprir o objetivo do discurso, o que só acaba
comprometendo uma mensagem de qualidade que poderia ser passada. Seja fiel ao
propósito do seu discurso e o prepare de forma objetiva, clara, de forma que o
conteúdo seja transmitido sem delongas desnecessárias.

 

Não se esqueça de ensaiar

 

Ensaiar é uma maneira de você perceber se em algum ponto
está tendo dificuldades e o que dá para melhorar. É possível ensaiar sozinho,
na frente do espelho ou com alguém que se sinta confortável. De qualquer
maneira, é fundamental lembrar do ensaio, isso evita constrangimentos na hora
do discurso que poderiam ser evitados com um simples ensaio.

 

 

Tenha consciência de seus recursos

 

Qual estrutura você pode utilizar? Slides, som, vídeos e
objetos? O local dispõe de quais recursos? Qual é o seu acesso a todo o
conteúdo necessário? São questões a serem respondidas, para que você encontre o
que precisa dentro de suas possibilidades e tire o melhor proveito possível do
que tem.

 

 

Repetições

 

Na escrita, as repetições não são muito adequadas, mas em um
discurso elas são essenciais quando se trata de conceitos ou palavra-chave.
Você pode repetir algumas pessoas, mudando a entonação dependendo do momento. É
uma técnica que possibilita que o público se lembre da essência de sua mensagem
de uma forma mais fácil.

 

Preste atenção na ordem de tópicos

 

Sem dúvidas, um bom discurso deve fluir com excelência,
iniciar e terminar períodos de forma adequada para que o público não se perca e
especialmente, para que você não pareça perdido. Esquecer algo é comum de
acontecer, mas imagina esquecer várias coisas e ir implementando de maneira
desconecta ao discurso? Não é algo bom, pois além de tudo, passa uma imagem de
despreparo e insegurança com o assunto abordado.

 

Mostre estar seguro do conteúdo

 

Não adianta saber do assunto, mas não ser capaz de
transmitir. Ao fazer um discurso, mostrar que realmente conhece o assunto e que
está envolvido nele, independentemente do assunto, transmite mais confiança e
segurança para a plateia, o que contribui para que percebam o seu preparo e
consigam absorver melhor a mensagem.

 

Explore suas opções

 

Pesquise bem sobre o assunto que você vai falar e analise
formas de apresentar o discurso, se incluirá brincadeiras, curiosidades ou
histórias em torno dele. Explore as possibilidades e pense em qual é a mais
adequada para ser seguida no seu grande momento.